Comportamento

Cuide bem do seu amor

Sabe aquele jardim florido? Aquele que você olha e imagina como ele foi cuidado com amor para ficar daquele jeito? Um relacionamento também é assim.

O amor precisa ser cultivado, precisa ser regado todos os dias. Ele precisa de palavras de carinho, precisa de atenção, cuidado, parceria, paciência… precisa de amor nos pequenos detalhes diários.

O amor de hoje em dia é rápido, é medido em curtidas e postado de forma que muitas vezes não representa o relacionamento de verdade. Quando não dá certo é simplesmente porque não tinha que dar .. ou daria certo se vocês o cultivassem ?

Cultivar o amor é dar um beijo de bom dia, uma mensagem carinhosa, atenção, cuidado, afeto. É estar presente nos momentos juntos, não “online”. É fazer a sua pessoa se sentir segura ao seu lado, fazê-la saber que ninguém irá ocupar aquele espaço porque ele é só seu!

É falar que ela está linda quando você pensa que ela realmente está, mas muitas vezes não fala. É preparar um lanchinho para ele levar quando você sabe que ele não vai ter tempo de comer em casa. É deitar no sofá para assistir filme juntos quando a grana esta curta para sair na sexta à noite. É ter planos, correr atrás com o mesmo propósito, realizar sonhos juntos e individuais também. Porque quando existe parceria, o sonho dela se torna o seu e vice versa.

Cultive o seu amor de forma que você passe a ter ao seu lado alguém que te inspira e que você também passe a ser inspiração. Não ligue para o que os outros falam, nem todo mundo tem um amor ao lado, nem todo mundo entende o que duas pessoas parceiras de verdade conseguem viver juntas. Nem todo mundo acredita que isso exista, simplesmente porque, muitas vezes, exige do outro mas não se doa.

Para um amor ser bem cuidado, é preciso reciprocidade! É preciso regar com carinho e deixar florescer.

Anúncios
Comportamento

Você está vivendo o presente?

Você parou para prestar atenção no canto dos pássaros hoje?

Sentada em um banco, num jardim de grama bem verdinha, fiz essa reflexão.. de um lado árvores e flores, do outro está uma rua movimentada. Um misto de pássaros tranquilos à direita e carros apressados à esquerda. O canto do pássaro se confunde com o barulho dos carros, mas se você prestar bem a atenção, os pássaros se sobressaem.

É um som que traz calma, tranquilidade.. tudo o que a natureza pode te proporcionar se você parar dez minutos do seu dia para aprecia-la e realmente viver aquele momento.

Sentada ali, me peguei pensando em como estava me sentindo bem, sem fazer nada, apenas ouvindo os pássaros de olhos fechados. Me dei conta de que quase nunca vivo os momentos no presente. Estou sempre correndo e distraída com varias coisas que esqueço de realmente estar presente.

Vai uma dica: Esvazie a mente por alguns segundos. Ouça os sons ao seu redor, dedique um pouco mais de tempo para apreciar e viver os momentos. Viva mais o presente!

Comportamento

Coisas incríveis não acontecem na sua zona de conforto

Você percebe que precisa mudar. Você resolve mudar.

De repente começam a acontecer coisas que você não entende, mas no fundo sabe que precisava daquilo.

Não estou falando de coisas ruins, estou falando de coisas incríveis que te fazem pensar “Por que eu não fiz isso antes?”.

Quando você está naquela caixinha chamada zona de conforto, você não olha para fora, não percebe o quão incrível pode ser lá. Até que em um determinado momento, seja por vontade ou pura pressão da vida, você sai da caixinha e começa a viver o mundo lá fora.

Até então você não se dava conta do quanto é capaz. É preciso se desafiar todos os dias para melhorar mais e mais. Você vai perceber que o coração vai inflando e o cérebro se enche de possibilidades.

É neste momento que você se dá conta de que saiu da sua zona de conforto. Quando dá aquela vontadezinha de mudar, mude! Busque! Vá atrás, não fique esperando a sorte bater nem alguém te ajudar.

Quando você se dá conta de todas as possibilidades que tem, os ares mudam e a fluidez das coisas acaba sendo natural, do jeito que você merece.

Comportamento

Ela é dessas…

Ela é dessas que acredita que tudo tem um porquê. Ela é dessas que quando está feliz, dá pulinhos de alegria e quando está triste desaba o mundo no seu travesseiro.

Ela acredita nas pessoas, mas não se deixa ser feita de boba. Está sempre sorrindo por aí. Menina moleca, se diverte com pouco.

Ela é dessas que faz as coisas do jeito dela e não vai mudar para te agradar. Ela gosta de ter por perto pessoas que somam, que divertem, que estão com ela para o que der e vier. Não gosta de quem julga e dá palpite à toa. Ela vive do jeito dela, tropeçando, levantando e aprendendo com os próprios erros.

Ela leva a sério a frase “aqui se faz, aqui se paga”, não pela justiça dela, mas do universo que dá voltas e não falha.

Ela é intensa, corajosa, teimosa e às vezes insegura, mas possui o mundo dentro dela. O copo está sempre meio cheio e quem se atreve a transbordar vai ver que vale a pena cada gotinha ali dentro.

Comportamento

O amor pelo lado de dentro, o próprio.

Se eu te pedir para fazer uma lista de tudo o que você ama, seu nome viria em qual posição?

Às vezes gostamos de tantas coisas e esquecemos de gostar de nós mesmos. Vivemos em busca do perfeito, mas a perfeição está em aceitar o imperfeito. Se todo mundo fosse igual, com a mesma personalidade e aparência… qual seria a graça?

Se aceitar não é somente por fora, mas por dentro também. Sua personalidade, seus gostos. Aceitar que alguns defeitos também fazem parte do que você é. Se você não fosse tão teimosa ou tão indecisa, não seria você.

Mudar faz parte, evoluir também. Não mude porque alguém disse que não está bom assim, mas porque você deseja mudar.

Você sabe as suas lutas, suas conquistas, suas derrotas… O que te deixou mais forte. Você é constituído por tudo o que já viveu e sem saber, você se prepara diariamente para o que ainda está por vir.

A partir do momento em que você perceber que o amor não está lá fora para te preencher, mas que está dentro de você e é dali que ele transborda para fora, você será amada e aceita do jeito que você merece, porque o seu amor próprio é mais importante do que qualquer outro e com ele você vai a qualquer lugar.

Comportamento

Pode voltar a ser criança?

Aquele cheiro de terra quando chove, o cheiro do café da tarde passando e trazendo a sensação de aconchego.

Brincar a tarde toda, não querer ir para casa já a noite, tomar banho emburrado porque queria ficar brincando com os amigos na rua.

Casa da avó, cheiro de aconchego misturado com bolo assando no forno. Férias com os primos, amigos, onde as brincadeiras nunca tinham fim. Dormir na cabana ou ralar o joelho no asfalto quando a bicicleta tombava. Ficar bravo porque perdeu a pipa, mas sair correndo para comprar um doce na mercearia com as poucas moedas que tinha conseguido com o avô.

Cheiro de infância, gosto de infância, uma sensação que não volta mais, porém que deixa uma saudade e uma vontade de voltar no tempo, reviver momentos que na época nem imaginávamos o quanto o coração se sentiria aquecido e feliz, vinte anos depois.

Comportamento

Amor é o que não é postado

Foto por: Jaqueline Locastro

Fotos, legendas, declarações públicas de amor… Mas realmente existe amor ou existe somente a aparência do que deveria ser amor?

Amor é aceitar os defeitos do outro, é saber que a toalha vai estar molhada em cima da cama e não vale a pena brigar todas as vezes por isso. Amor é saber que ele gosta do feijão por cima do arroz e ela não sabe fazer contas de porcentagem. Amor é o cuidado dia-a-dia, é dar atenção quando chegar em casa, é deitar no sofá para assistir qualquer coisa na TV e acabar dormindo ali no colo ganhando um cafuné.

Em redes sociais é fácil amar alguém, muitas pessoas postam uma foto linda, com uma legenda mais linda ainda enquanto ele está na sala e ela sozinha no quarto, ambos na companhia do celular e não um do outro.

Por um mundo onde o amor de verdade seja compartilhado, não em redes sociais, mas em sorrisos, abraços carinhosos, boa companhia e momentos de felicidade.